Diferenças entre Pis e Pasep: saiba tudo aqui!

A maioria da população já ouviu falar em ambos os programas, mas nem todo mundo sabe as diferenças entre PIS e PASEP. Este é o seu caso? Então, você precisa começar descobrindo o significado de cada sigla: PIS é o Programa de Integração Social, enquanto o PASEP se trata de um Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

Agora que você já sabe o conceito de cada programa, está mais do que na hora de compreender a distinção entre cada iniciativa e como essas condições podem impactar ou não o seu cotidiano.

Diferenças entre PIS e PASEP

Caso você não saiba as diferenças entre PIS e PASEP, a distancia entre eles não é tão grande. Basicamente, o PIS é um benefício repassado aos funcionários das companhias privadas por meio do suporte da Caixa Econômica Federal.

Diferenças entre Pis e Pasep: saiba tudo aqui!

Diferenças entre Pis e Pasep: saiba tudo aqui!

Enquanto isso, o PASEP é uma vantagem fornecida aos colaboradores públicos, isto é, aqueles profissionais que foram aprovados em algum concurso público. Este benefício é concedido pelo intermédio do Banco do Brasil, sendo que ambos disponibilizam assistência e busca pela internet ou pessoalmente.

Funções do PIS e PASEP

Agora que você compreendeu as diferenças entre PIS e PASEP, saiba que o objetivo das duas iniciativas é ajudar a financiar o seguro-desemprego. Isso até pode soar como surpresa, uma vez que nem todo mundo entende de onde é retirado o dinheiro para pagar as parcelas do benefício, bem como do abono-salarial.

Tanto o PASEP quanto o PIS são contribuições sociais de natureza tributarias, necessárias as pessoas jurídicas com a meta de proporcionar a oferta de seguro-desemprego, o abono salarial e uma grande parcela também é destinada para o Governo Federal, visando o financiamento de projetos para o Desenvolvimento Social.

No fim das contas, esses dois benefícios são assegurados quando o empregador está em dia com todos os seus deveres e arca corretamente com os valores do PIS / PASEP.

Seguro-desemprego e o abono salarial

Como citado anteriormente, as diferenças entre PIS e PASEP se limitam a condição de funcionário público e privado, uma vez que são ajudas pagas a população. De modo geral, o seguro-desemprego é concedido a todo funcionário desligado de sua companhia sem a apresentação de uma justa causa.

Só que para ter acesso a essa ajuda por alguns meses, é essencial que se tenha atuado com carteira assinada de maneira continua por 18 meses, além de não estar recebendo ajuda da Previdência Social, exceções feitas a pensão por morte ou ao auxílio-acidente.

Com relação ao abono salário do PIS/PASEP, isto pode ser visto como uma espécie de décimo quarto salário para milhões de trabalhadores brasileiros pago ao longo do ano, levando em consideração o calendário do pagamento produzido pelo Governo Federal.

Dúvidas

Tire suas dúvidas sobre as diferenças entre PIS e PASEP pela internet

No entanto, é preciso que o trabalhador cumpra alguns requisitos para ter acesso a essa quantia, sendo que as principais são: trabalhar 5 anos com cadastro no PIS e receber até 2 salários mínimos. Ficou com alguma dúvida sobre PIS/ PASEP? Basta acessar o site da Caixa e do Banco do Brasil, respectivamente.

Add a Comment