INSS em Atraso – O que fazer? Como Resolver?

INSS em atraso, o que fazer? É um problema grave para se resolver. Quem não paga certo o INSS pode ter seus problemas não assistidos em um futuro próximo, Isso porque o INSS acaba sendo uma forma de contribuição que garante um salário quando você sofre um acidente que não permite que trabalhe. O INSS também pode te deixar com um valor recebível em caso de doença grave que te afaste das atividades. Por isso, vale sim a pena apostar no INSS para resolução dos seus problemas e regularizar esses débitos antes que seja tarde demais.

INSS em Atraso

INSS em Atraso é o problema de milhares de brasileiros. Quem paga atrasado perde direitos básicos. Isso porque nesse meio tempo, quando o pagamento estiver em atraso, você precisa negociar. O pagamento em dia devolve os seus direitos do INSS. É perigoso ficar sem pagar, porque se por acaso se machucar perderá o direito (Foto: Divulgação)

INSS em Atraso

Com o problema cada vez maior de desemprego, é comum atrasar o INSS, ainda mais quando o paga por conta. A pessoa que trabalha por conta tem que contribuir para garantir um salário minimo depois de muito anos trabalhados. No entanto, se atrasar muito o pagamento desse beneficio não conseguirá mais reorganizar as contas com facilidade. Existem formas de negociar esse valor em atraso para que possa ter acesso a esses beneficios, confira.

INSS em Atraso

INSS atrasado (Foto: Divulgação)

Gerando boletos online

Por meio do site da Previdência Social você pode gerar as guias de pagamento do INSS em atraso. Acesse o link http://www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/gps/ e siga o passo a passo para fazer o cadastro. Nesse canal é possível negociar se o atraso for grande. Mas é preciso pagar direito para ter acesso certinho ao beneficio da negociação.

INSS em Atraso

INSS em Atraso  (Foto: Divulgação)

Segundo o site da Previdência Social confira informações referentes a atrasados e os canais para obter esses dados:

Informações sobre pagamento em atraso do INSS

  • 135: a Central 135 não calcula contribuições em atraso;
  • Empregado doméstico: pode ser realizado para qualquer época, uma vez que segue legislação própria que leva em consideração o salário registrado na carteira de trabalho;
  • Facultativo: o facultativo que tenha deixado de recolher só pode calcular sua contribuição pela Internet se ainda possuir qualidade de segurado (seis meses). Para o cálculo de competências vencidas há mais de 6 meses é preciso procurar uma Agência da Previdência Social, para confirmar se entre uma contribuição e outra não houve intervalo sem contribuição superior a 6 meses;
INSS em Atraso

Valores atrasados no INSS (Foto: Divulgação)

  • Contribuinte individual: pode calcular contribuições em atraso pela Internet, a partir do primeiro recolhimento em dia nessa categoria ou do cadastro da atividade na Previdência Social, e desde que em período inferior aos últimos cinco anos fiscais. Para o cálculo de períodos mais antigos o contribuinte deve se dirigir ao INSS a partir do dia 16 de cada mês;
  • Comprovação de atividade: se o Contribuinte Individual não tiver atividade cadastrada na Previdência Social, não possuir o primeiro recolhimento em dia ou quiser efetuar recolhimento de período decadente, poderá solicitar o recolhimento em atraso nas Agências da Previdência Social mediante comprovação do exercício da atividade durante o período em que está em débito.

Add a Comment